Times do DF Treina Sem Autorização do MP

O Ministério Público do Distrito Federal realizou durante esta semana uma inspeção em centros de treinamento de clubes do DF e flagrou treinamentos em campo de dois times: Brasiliense e Capital. As atividades esportivas ainda estão proibidas em Brasília por força de decreto do governo distrital.

Nesta sexta, o órgão encaminhou ofício às diretorias dos dois times, Brasiliense e Capital, e à Federação de Futebol do DF, além de ter acionado a Secretaria de Esporte e Lazer do DF e o DF Legal, órgão responsável pela fiscalização do decreto de isolamento social do GDF.

– Trata-se de um flagrante descumprimento não só à recomendação do MP, mas ao próprio decreto do governo local. Não temos dúvidas de que as sanções devem ser impostas para que haja a efetiva proteção de atletas, profissionais da saúde e da população do DF – destacou Eduardo Sabo, procurador de Justiça e coordenador da Força-tarefa Covid-19 do MPDFT.

Treino, Capital, Quarentena — Foto: Divulgação/MPDFT

Treino, Capital, Quarentena — Foto: Divulgação/MPDFT

A inspeção foi realizada nos centros de treinamento de Brasiliense, Capital, Gama, Real Brasília e Taguatinga. Dos times do DF classificados para o mata-mata do Candangão, apenas o Sobradinho não foi visitado – apesar de jogarem o torneio, Luziânia e Formosa, como são do estado de Goiás, não fazem parte da jurisdição do DF.

Segundo o relatório, foram flagrados treinos coletivos nas sedes de Brasiliense e Capital. No caso do Jacaré, inclusive, o órgão destacou que depois da primeira visita, no sábado, o clube fechou o alambrado que cerca o CT com lonas para dificultar a visualização das atividades do lado de dentro.

O MP ressaltou, no entanto, que foi possível registrar um intenso fluxo de veículos adentrando ao CT, o que confirmaria que os treinos persistiram.

Treino, Quarentena, Brasiliense — Foto: Divulgação/MPDFT

Treino, Quarentena, Brasiliense — Foto: Divulgação/MPDFT

No Capital, o órgão diz ter flagrado atividades em grupo durante todos os dias da inspeção (sábado, segunda e terça), assim como ocorreu no Brasiliense.

No ofício entregue hoje aos clubes, o MPDFT pede a suspensão imediata dos treinamentos nos CTs, e dá um prazo de cinco dias para os clubes e as secretarias informarem as providências adotadas quanto aos resultados da inspeção.

O órgão destaca que o não cumprimento da recomendação pode acarretar na interdição do estabelecimento pelos órgãos de fiscalização e a suspensão do alvará de funcionamento dos clubes, enquanto perdurar o estado de calamidade pública provocado pela pandemia.

Os clubes ainda podem responder pelo crime de infração de medida sanitária preventiva, previsto no Código Penal, e sofrer as penalidades previstas em lei que trata de infrações à legislação sanitária federal, Lei Federal 6.437/1977, como interdição, cancelamento de licença e multa.

Capital treinou durante quarentena — Foto: Divulgação/MPDFT

Capital treinou durante quarentena — Foto: Divulgação/MPDFT

O que dizem as partes citadas

GloboEsporte.com procurou clubes, a Federação de Futebol do Distrito Federal, a Secretaria de Esporte e Lazer do DF e o Governo local.

Brasiliense respondeu que ainda não foi notificado pelo MPDFT. O time afirmou que tem feito trabalhos de aprimoramento físico com os jogadores, de maneira separada, e que considera que, até o momento, não houve decreto do GDF proibindo os treinos. O clube, portanto, acredita não estar descumprindo nenhuma norma de segurança.

Capital também afirmou ainda não ter recebido o ofício do MP, e que a única atividade feita no centro de treinamento desde o início pandemia foi a testagem de atletas e comissão técnica para a Covid-19 realizada na última sexta-feira. O clube ressalta ainda que não teve nenhum caso positivo registrado.

Já a Federação de Futebol do DF confirmou ter recebido o ofício, mas disse que não tem o poder de interferir nas atividades dos clubes nos centros de treinamento.

Na última terça-feira, a Secretaria de Esporte confirmou em nota que as atividades esportivas estão proibidas no DF, tanto jogos quanto treinamentos. Nesta sexta, a pasta respondeu apenas que ainda não recebeu a notificação do MP.

Até a última atualização desta matéria, a Secretaria de Estado e Proteção da Ordem Urbanística do DF, o DF Legal, não respondeu ao pedido de nota da reportagem.

Resultados do relatório de inspeção

Brasiliense FC

“No sábado, 20, tanto jogadores quanto comissão técnica estavam em campo, treinando. Na segunda, 22, o Brasiliense promoveu o fechamento de todo seu alambrado de forma a impedir a visibilidade dos campos e, obviamente, dos atletas em atividade. Todavia foi possível registrar, por imagens, o intenso fluxo de veículos adentrando o CT confirmando que os treinos persistem. Corrobora nossa afirmação o fato desse signatário promover várias passagens à frente do CT onde era possível visualizar os jogadores e comissão técnica promovendo atividades no campo.”

Sociedade Esportiva do Gama

“Nenhuma atividade foi observada no CT do Gama nos dias inspecionados: sábado, 20, segunda, 22 e quarta, 24. Buscando informações junto à segurança foi-nos repassada a informação de que os treinos estariam suspensos. Salvo ocorrerem em local distinto, jogadores e comissão técnica do time do Gama não foram vistos nos gramados do centro de treinamento nesses dias. Dada a inatividade não foram confeccionadas imagens do local.”

Real Brasília FC

“O time do Real tem seu centro de treinamento estabelecido, atualmente, na Vila Planalto – contíguo ao restaurante Sertão e Mar. Haviam atividades no CT dia 20, sábado. Todavia não foi possível observar se seriam atividades de treinamento por conta do portão fechado e ainda por não haver alcançado o endereço antes do meio-dia. Vale ressaltar que nesse mesmo dia, após matéria veiculada no jornalístico DF1, não foram observadas atividades nos outros dias inspecionados – segunda-feira e terça-feira.”

Taguatinga Esporte Clube

“O Taguatinga foi outro time que mudou de endereço e hoje seu centro de treinamento encontra-se estabelecido na área rural de Brazlândia sito ao Núcleo Rural Alexandre Gusmão, Gleba 2, Lotes 154/155, Chácaras 3 e 4. Em duas inspeções no local nenhuma atividade foi observada nos gramados. O CT, inclusive, permaneceu fechado na segunda-feira e terça-feira, dias 22 e 23, respectivamente.”

Capital Clube de Futebol

“O time, atualmente, mantém suas atividades de treinamento no clube da Agepol, estabelecido no Setor de Clubes Sul. Houve treinamento em todos os dias inspecionados (sábado, segunda e terça), assim como ocorreu no Brasiliense.”

Sobre o autor

nonato
Foi criado em fevereiro de 2016, este site e aberto nesta data É produto para divulgação do esporte local e Brasileiro e mundial, Estamos orgulhoso de ter você como visualizador, desta pagina obrigado.

Faça o primeiro comentário a "Times do DF Treina Sem Autorização do MP"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*